HOME
SOBRE A CAMILLA
SERVIÇOS
BLOG
CONTATO

Qual a cor do seu prato?

Você já deve ter ouvido falar que quanto mais colorida é uma refeição, mais saudável ela é, não é mesmo? Mas você sabe quantas cores no prato são necessárias para nos alimentarmos da maneira ideal e promovermos nossa saúde? É importante saber que, quanto maior a diversidade de cores, maior a quantidade e diversidade de nutrientes em uma refeição.

Neste artigo, você irá aprender o quão importante é “colorir” suas refeições, quantas cores no prato são necessárias e quais os benefícios que cada cor pode trazer à sua saúde. Boa leitura!

Que cores no prato são necessárias para proteger e melhorar a saúde?

Saber que é preciso ter refeições muito coloridas, muita gente sabe, mas, quantas cores no prato devem ser usadas para o bem da saúde? A resposta é: quanto mais colorido for seu prato, melhor ele será!

Não existe um número fixo de cores, porém, são necessárias ao menos 5 todos os dias, não necessariamente em uma única refeição. O segredo é diversificar e tentar ingerir alimentos brancos, laranjas, roxos, verdes  e  vermelhos ao longo do dia.

Qual a cor do seu prato: variedade de alimentos coloridos.

Manter a diversidade cromática em sua alimentação é a maneira ideal para obter a nutrição completa de seu organismo.

Os alimentos muito coloridos, como as frutas e os vegetais, oferecem uma enorme quantidade e diversidade de fibras, minerais, substâncias fitoquímicas e vitaminas necessárias para o bom funcionamento do corpo, um nível adequado de energia e defesa do organismo.

De nada adianta saber que precisa ter refeições coloridas sem saber o que cada cor no prato faz, não é mesmo? Confira agora a propriedade das principais cores usadas em nossa alimentação e algumas indicações para cada uma delas:

Amarelos e laranjas

Alimentos com a cor amarela ou alaranjados possuem estas cores devido à grande quantidade de betacaroteno, também conhecido como pró vitamina A. Além dessas duas substâncias, este grupo de alimentos é rico em vitamina C e possui compostos antioxidantes importantíssimos para proteção de doenças, controle do estresse e envelhecimento precoce.

Exemplos: abacaxi, laranja, acerola, milho, batata doce, mamão, manga, abóbora, cenoura, damasco, maracujá, pimentão amarelo e pêssego.  

Brancos

Os alimentos brancos como alho, cebola, feijão branco, banana, maçã, palmito, mandioca, couve flor, rabanete e cogumelos são ricos em fósforo e cálcio, que fortalecem e mantêm os ossos e dentes resistentes.

Qual a cor do seu prato: variedade de alimentos coloridos.

Eles também possuem carboidratos e a maioria deles apresenta uma grande quantidade de vitamina B6, substância fundamental para a troca de gases das células e no metabolismo de proteínas.

Estes alimentos são conhecidos como fortalecedores, pois são fundamentais para o bom funcionamento dos nervos e músculos. Pessoas que praticam atividade física intensa devem comer grandes quantidades de alimentos brancos para garantir sua integridade física. Confira também nossa página sobre nutrição esportiva para saber mais detalhes.

Marrons

A cor marrom nos alimentos indica a presença de vitamina E, vitaminas do complexo B e selênio. Essas substâncias promovem ao corpo humano funções antioxidantes, vasodilatadoras, anticoagulantes e são excelentes para evitar a fadiga.

Além disso, alimentos marrons como feijão, lentilha, grão de bico, cereais integrais e sementes oleaginosas possuem um grande teor de fibras e, por isso, são fundamentais para o bom funcionamento do intestino, ajudam a controlar o colesterol e o diabetes.

Roxos, azul marinho ou pretos

A pigmentação escura encontrada nos alimentos roxos, azul marinho ou pretos acontece devido a concentração de antocianinas, que também pode resultar em tons vermelho escuro.

As antocianinas e a vitamina B1 encontradas nesses alimentos de tom escuro são importantes parceiras do sistema nervoso, músculos, coração e promovem o aumento de energia e disposição mental.

Exemplos: berinjela, uva, amora, ameixa, açaí, beterraba, feijão preto, jabuticaba, repolho roxo, cebola roxa e alcachofra.

Verdes

Se tem verde, tem clorofila! Esta substância é um importante energético celular. Os alimentos verdes limpam as células, eliminam e inibem os radicais livres.

Essas propriedades vêm das grandes quantidades de nutrientes, como betacaroteno, Vitamina C, Vitamina E, cálcio, potássio, ferro, além do alto teor de fibras encontradas nas folhas.

Os alimentos verdes mais comuns e fáceis de encontrar são: abacate, quiabo, limão, kiwi, maçã verde, brócolis, pepino, manjericão, vagem e todas as folhas que você pode encontrar nas gôndolas dos mercados e hortas.

Vermelhos

A cor vermelha presente nos alimentos é proveniente do licopeno, um poderoso antioxidante celular. Alimentos vermelhos são excelentes para renovar as células do corpo, fortalecer o sistema imunológico, evitar doenças crônicas e o estresse. Os alimentos vermelhos mais conhecidos são: morango, goiaba, tomate, pimentão vermelho, pimentas vermelhas e melancia.

Pronto, agora você sabe quantas cores no prato são necessárias e as propriedades que cada uma delas possui. Quer aprender mais sobre nutrição? Continue navegando no blog!




Agende uma consulta

Cuidar da alimentação é essencial para ter uma vida mais saudável e feliz, agende uma consulta informando os seus dados no formulário abaixo que entraremos em contato para verificar o melhor dia e horário.

ENVIAR
Foto da Camilla Baffa Nutricionista agendando uma consulta.




Logo da Nutricionista Camilla Baffa



CONTATO
CAMILLABAFFA@OUTLOOK.COM

TELEFONES
(11) 2574-4443
(11) 98738-7876 (WHATSAPP)

ENDEREÇO
RUA CAYOWAÁ, 1071 - CONJ. 112
PERDIZES
SÃO PAULO - SP
CEP 05018-001

ASSINE NOSSA NEWSLETTER:
ENVIAR
© 2019 | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Linking Sites.
Whatsapp da Camilla Baffa
Fale com a Camilla